Pages

sábado, 12 de julho de 2014

Os falsos mestres - Thomas Brooks

"Os falsos mestres são bajuladores de homens (Gálatas 1:10; 1 Tessalonicenses 2:1-4). Eles pregam mais para agradar ao ouvido do que para beneficiar o coração: “Que dizem aos videntes: Não vejais; e aos profetas: Não profetizeis para nós o que é reto; dizei-nos coisas aprazíveis, e vede para nós enganos” (Isaías 30:10). “Coisa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra. Os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam pelas mãos deles, e o meu povo assim o deseja; mas que fareis ao fim disto? ” (Jeremias 5:30- 31). Eles manejam as coisas sagradas mais com sagacidade e galanteio (divertidamente, note-se) do que com temor e reverência. Falsos mestres são almas-anuladoras. Eles são como cirurgiões malignos, que esfacelam a ferida, mas nunca a cura. A adulação desfez Acabe e Herodes, Nero e Alexandre. Os falsos mestres são os maiores abastecedores do inferno. Non acerba, sed blanda (Não amarga, mas doce). Palavras não amargas, mas lisonjeiras [são as que] fazem todo o mal, disse Valeriano, o imperador romano. Tais mestres bajuladores são doces envenenadores de almas (Jeremias 23:16,17)."

 **  7 Características de Falsos Profetas - Thomas Brooks  

Nenhum comentário:

Postar um comentário